Primeiro contêiner do Project Cure chega a Pernambuco

Projeto filantrópico dos EUA garante cerca de R$ 1,8 milhão em equipamentos e suprimentos médicos

O Project Cure que tem como objetivo ajudar o atendimento médico através de doações de equipamentos e suprimentos para países em desenvolvimento, já enviou dois contêineres com doações de equipamentos e suprimentos médicos para o Estado de Pernambuco. O primeiro deles já chegou ao Recife e segue para distribuição entre os hospitais que serão contemplados. O segundo está previsto para o dia 24 de junho.

Ao todo, os contêineres somam um montante de R$1,8 milhão em equipamentos médicos, como seringas, máscaras e cateteres. Após a chegada e liberação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), os suprimentos serão distribuídos para o Hospital do Câncer, Hospital da Restauração, Hospital Dom Hélder e Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (IMIP). Toda a doação será destinada para o atendimento de pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

A iniciativa de trazer o projeto para Pernambuco é do empreendedor Marcos Roberto Dubeux. As negociações começaram em 2017 com uma reunião com o governador Paulo Câmara. Participaram ainda do encontro Cynthia Garbutt, da Universidade de Northwestern,  Douglas Jackson, CEO do Project Cure e o secretário de saúde do Estado, José Iran Costa Junior.

Sobre o Project Cure – O Project Cure (Comissão sobre Alívio Urgente e Equipamentos) foi fundado em 1987, por James Jackson, um consultor econômico internacional, que durante visita a uma pequena clínica próxima ao Rio de Janeiro,  percebeu que muitos pacientes não eram atendidos pela falta de suprimentos médicos básicos. Na volta para o Colorado, nos Estados Unidos,  reuniu em 30 dias, com a ajuda de amigos da indústria médica, 250 mil dólares em suprimentos médicos. O envio para o Brasil foi custeado pelo próprio James Jackson.

Em 30 anos de atuação, já foram atendidos pacientes – adultos e crianças – em 130 países. O Project Cure  entrega toda semana, cerca de três cargas de suprimentos e equipamentos médicos de alta qualidade para hospitais, clínicas e centros de saúde em comunidades com recursos limitados em todo o mundo.

Além de identificar, solicitar, coletar, classificar e distribuir suprimentos e serviços médicos, o Project Cure inclui sistemas de inventário eficientes e precisos com gerenciamento especializado em logística e cadeia de suprimentos.

Presidente e CEO, desde 1997,  Douglas Jackson é filho do fundador, James Jackson.

 

Categorias
Logística - Transportes
Sem comentário

Deixe uma resposta

*

*

Categorias

RELACIONADO