Porto do Recife, preparado para a Temporada de Cruzeiros 2016/2017

Até o mês de abril, 20 navios vão atracar na capital Pernambucana

 

Apesar das últimas declarações à imprensa dadas pela Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (ABREMAR) informando que o setor tem enfrentado uma queda significativa de cerca de 30% aqui no país, já que apenas sete embarcações navegarão pela costa brasileira na temporada 2016/2017, no Porto do Recife esse número não se reflete.

Na contramão dos dados divulgados pela ABREMAR, o ancoradouro receberá, pelo menos, 20 navios nesta temporada. “O Recife já está consolidado na rota dos cruzeiros e, a cada temporada, reforçamos nossas estratégias com parcerias que aprimoram todos os detalhes envolvendo as operações, e isso faz com que os turistas voltem”, destacou o presidente do Porto, Flávio Gouveia.

O primeiro transatlântico a atracar no ancoradouro recifense foi o Seabourn Quest que trouxe a bordo cerca de 800 pessoas, entre passageiros e tripulantes.  Para receber os visitantes dessa nova temporada, o Porto do Recife montou uma parceria com a Secretaria de Turismo do Estado, Secretaria de Defesa Social, Empetur, Secretaria de Turismo da Prefeitura do Recife, CTTU e Guarda Municipal.

O desembarque dos navios é direcionado para o Terminal Marítimo de Passageiros (TMP) onde os turistas são recepcionados com orquestra e dançarinos de frevo, maracatu e caboclinho, além de contar com agentes bilíngues do Centro de Atendimento ao Turista (CAT) e casas de câmbio.

 

RECEPTIVO

A Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, por meio da Empetur,  disponibiliza Centro de Atendimento ao Turista (CAT) no Terminal Marítimo do Recife durante toda a Temporada de Cruzeiros. Os postos  funcionam enquanto os navios estão ancorados, com atendimento em português, inglês, espanhol e francês, realizados por atendentes qualificados da Empetur e da Prefeitura do Recife. Esse ano haverá duas novidades no receptivo, food bikes com iguarias da culinária pernambucana para abastecer os turistas e uma unidade avançada do Centro de  Artesanato com exposição e venda de peças de artesãos pernambucanos.

O receptivo no CAT é gratuito e foi estruturado para o visitante receber orientações sobre diferentes destinos e roteiros, mobilidade e atrativos turísticos, gastronômicos e culturais do Estado. Os passageiros dos cruzeiros ainda tem a oportunidade de receber os guias e roteiros turísticos do Turismo de Pernambuco, sendo eles “Pernambuco de 1 a 8 dias”; “Rota BR 232”; “Rota Rural”; “Rota da Fé”; “Arte em Pernambuco – Caruaru”; “Arte em Pernambuco – Tracunhaém” e “Rota do Rio São Francisco”, além de mapas.

A intenção é que os visitantes tenham todas as informações possíveis para que ele volte posteriormente com amigos e familiares para conhecer ainda melhor o Estado, tanto o Litoral como o Interior.

SEGURANÇA

Assim que assumiu a presidência do Porto, uma das primeiras preocupações de Flávio Gouveia foi manter reuniões de alinhamento com o Comando Geral da Polícia Militar de Pernambuco e Secretaria de Defesa Social (SDS). Vários encontros envolvendo a diretoria administrativa e a guarda portuária, foram elencados pontos onde havia a necessidade do reforço da segurança não somente no entorno do ancoradouro, mas em todo o bairro do Recife. Foi instalado um posto de observação no Terminal Marítimo e colocada uma Plataforma de Observação Elevada – POE (equipamento com várias câmeras de alta resolução para monitoramento) na área portuária. O patrulhamento  conta com policiais a pé e motorizados não apenas no Recife Antigo, onde os visitantes desembarcam, mas também nos principais destinos turísticos da área central da cidade, como a Casa da Cultura, Capela Dourada, Mercado de São José e Praça da Independência.

MAIS DUAS ATRACAÇÕES NA SEQUÊNCIA

O segundo navio da temporada foi o MSC Orchestra, de bandeira panamenha. O transatlântico trouxe mais de três mil e quinhentos passageiros vindos do Porto de Mindelo (Cabo Verde) e a capital pernambucana foi a primeira parada da embarcação no Brasil. Em seguida, chegou o Insígnia, de bandeira das Ilhas Marshall.

O último navio a chegar ao Recife será em abril, quando MSC ORCHESTRA atracar no Porto e fechar a temporada 2016/2017.

Categorias
Turismo; Temporada de Cruzeiros
2 Comentários deste post.
  • Guilherme Maia
    3 agosto 2017 at 22:43
    Deixe uma resposta

    Olá, Tudo bem Gostei muito do seu post e seu Blog, Parabéns pela iniciativa, gostaria de fazer uma parceria tem como?

  • Deixe uma resposta

    *

    *

    Categorias

    RELACIONADO